terça-feira, dezembro 02, 2008

Porque passo a vida em aeroportos...

Estou no aeroporto da Portela, felizmente que com estas novas tecnologias, as horas de espera entre um voo e outro podem passar mais rapidamente (entenda-se o passar mais rapidamente, como apenas estar entretido, porque o ralógio avança sempre ao mesmo ritmo).

Pensei em colocar aqui algo de inovador, mas o que é certo é que ainda tenho o cérebro meio torpe, embora ontem me tenha deitado anormalmente cedo (entenda-se, cedo para o que é costume, ainda não era meia-noite), todavia, acordar as 4h20 é uma violência....um estupro...

Sendo assim, e aos visitantes assiduos deste espaço (diga-se, sinceramente, não sei o que encontram aqui tão "de especial") aproveito para dar os bons dias! Primeiro dia útil deste mês frio e cinzento de Dezembro, último do ano.

Entrámos na recta final, 2008 já está quase a definhar. É uma loucura...será mesmo que não anda para ai uma conspriração relojoeira e os nossos fieis amigos relógios nos andam a enganar? Será esta mais uma forma de terrorismo?

Há dias noticiava-se que a Indía tinha vivido o seu 11 de Setembro, mas estávamos em pleno Novembro....qualquer dia apenas nos daremos conta da sucessão de setembros....

Se bem me lembro, Setembro dura 30 dias por ano, e entre o fim de um e o início do próximo deveriam passar 335 (ou 366 em anos bissextos) dias....Onde andam eles?

Desde Setembro de 2001 aos dias de hoje.....a vida desfiou-se num instante....Porque será?

3 Comments:

Blogger Paula Raposo said...

Pois é. Conspiração relojoeira!! Eh eh eh a sensação de passagem rápida é uma grande chatice, podes crer. Mas temos que nos aguentar 'à bronca' e viver o melhor possível os dias, meses, anos. Sinal feliz de que estamos aqui com saúde. Muitos beijos e boa viagem até ao destino de hoje.

2/12/08 8:53 da manhã  
Blogger Eliana Mara said...

Gostei tanto desse texto. Espero poder acompanhar tuas andanças pelos aeroportos. Tenho uma personagem que vive em aeroportos (mas vive neles aventuras eróticas).
E eu mesma, tenho certo fascínio por eles, gosto muito de estar em aeroportos, sem compromisso, observando e anotando tudo que vejo.

Por aqui, Salvador, na Bahia, onde moro, o mar e o sol são brindes diários.
Estive em Portugal pela primeira vez em agosto agora. E adorei tudo, especialmente o Porto.

Beijos

3/12/08 10:28 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tantas perguntas sem respostas... por isso continuamos a viver... para descobrir as respostas as nossas perguntas.
Beijos da mana xx

8/12/08 9:43 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home