domingo, fevereiro 08, 2009

Porque....consegui ler um livro de uma penada

Estou contente.
Há muito que não o conseguia fazer, parar para ler um livro.
Custou-me uma noite de sono, mas li de uma penada só "A Sombra do Vento" de Carlos Ruiz Zafón, que me foi recomendado por alguém muito especial.
Fantástico, adorei e já tenho o livro seguinte dele para ler.

Deixo aqui uma, entre uma série de passagens que marquei (tenho o costume de marcar passagens que, de alguma forma me tocam ou com as quais me identifico, nos livros que leio)....

"Alguém disse uma vez que no momento em que paramos a pensar se gostamos de alguém, já deixamos de gostar dessa pessoa para sempre"

4 Comments:

Blogger flor said...

Sim, se começamos a pôr em causa é porque já não há certezas...
E não haja dúvida que quando se gosta de verdade, nem olhamos, nem pensamos duas vezes... atiramo-nos de cabeça... não há tempo para pensar em nada... o amor preenche tudo... ou quase tudo!

8/2/09 11:38 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Fico contente por teres conseguido estar sossegado a ler um livro!! Sem dúvida que essa frase escolhida está correcta. O amor não se pensa, o amor sente-se...muitos beijos.

9/2/09 2:03 da tarde  
Blogger Alexandra said...

Li "A Sombra do Vento" já há algum tempo. Classifiquei-o com EXCELENTE! O último dele vou iniciar agora a sua leitura.

E, qd terminar esse aconselho "Comboio Nocturno Para Lisboa" de Pascal Mercier.

15/2/09 10:36 da tarde  
Anonymous Maria Clarinda said...

E...vou-te oferecer o c.d com a banda sonora do livro, sim Ruiz Zafón, é compositor, e, enquanto escrevia o livro compôs uma música para cada personagem!
No meu blog a música que toca é precisamente uma delas....O meu livro de eleição deste ano, já vou quase no fim do segundo livro...e Gu...é lindo também.
No meu blog tena algures a viagem que fiz em Barcelona, pelas ruas, pelas cass onde se desenrolam as cenas do livro....procura-o....nas não digas a ninguém!!!!!
Jinhos

17/2/09 9:39 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home